TIPOS DE SEIOS CAÍDOS E SUAS PRINCIPAIS CAUSAS

Seios caídos é algo muito comum e pode ser causado por diversos fatores como excesso de peso e efeitos da idade, e além de um desconforto estético em alguns casos pode se tornar um problema de saúde.

O nome clínico para a condição de seios caídos é ptose mamária, afeta principalmente mulheres, que vão percebendo ao longo da vida a flacidez e perda da estabilidade de suas mamas.

O grau da ptose mamária é definido pela posição da aréola, depende se está abaixo, acima ou no mesmo nível da linha infra mamária. Somente um cirurgião pode definir através de uma análise clínica o grau da ptose mamária e encaminhar para a melhor solução.

Entre as principais causas para os seios caídos estão:

  • Colágeno – a falta de produção natural.
  • Fatores hereditários – uma condição que pode ser passada a partir de fatores genéticos.
  • Gestação – esse fator gera divergências entre os especialistas. Porém, se considera que toda a mudança da gravidez, com o aumento da mama e a produção de leite, pode levar, em alguns casos, ao desenvolvimento de seios caídos.
  • Obesidade – o aumento excessivo de peso contribui para a flacidez do corpo e assim os seios podem vir a cair.

Existem algumas formas de tentar retardar, ou mesmo evitar, a queda dos seios. Abaixo eu listo as mais famosas:

  • Uso do sutiã, é a principal forma para evitar esse processo.
  • Reforce o treino de peito na academia!
  • Produtos para complementar o colágeno, sempre sob orientação médica.
  • Reduzir o consumo de álcool e tabaco. Isso vai melhorar sua saúde de forma geral.
  • Cremes e outros produtos para firmar a pele da região.
  • Ações estéticas utilizando radiofrequência para firmar a área dos seios caídos.

.Hoje em dia existem alguns procedimentos cirúrgicos que ajudam a resolver esse problema, trazendo mais confiança para a mulher.

A Mastopexia, ou a cirurgia que levanta os seios, é a mais utilizada no momento para melhorar a condição.

O procedimento consiste principalmente em refazer o tecido mamário, retirando os excessos e reorganizando a mama, aréola, dentre outros.

Pode ser realizada com prótese mamária ou não, isso irá depender tanto da avaliação médica como também do desejo da paciente

Gostou desse conteúdo? Conhece alguma amiga que tem desejo de fazer uma cirurgia nas mamas? Compartilha esse post com ela.

Me siga também no instagram e youtube onde diariamente eu levo conteúdo como esse para quem tem interesse em se submeter a algum procedimento estético cirúrgico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.