conheca-os-principais-tipos-de-protese-de-mama

Conheça os principais tipos de prótese de mama

Conhecer os tipos de prótese de mama é um importante passo para quem deseja aumentar os seios. Há diversos formatos, cada um com uma característica e, ao fazer a escolha certa, os resultados são fantásticos.

As próteses de mama são usadas por finalidade terapêutica ou estética. Em primeiro lugar, quando é necessária a reconstrução mamária. Em segundo lugar, quando a paciente quer realizar o aumento do volume dos seios, seja para corrigir imperfeições, melhorar o contorno ou mesmo ter melhores proporções corporais.

Porém, para cada caso há vários tipos de prótese de mama. E a escolha deve considerar diversos aspetos, que explico melhor a seguir. Confira!

Tipos de próteses de mama

Existem basicamente três tipos de próteses de mama: o redondo, o anatômico (também chamado de “em gota” ou natural) e o cônico. E cada um tem seu objetivo.

Redondo

A prótese de formato redondo é a mais usada, pelo seu modelo simétrico em todas as dimensões. Dessa forma, preenche todos os espaços da mama, principalmente na região do colo, que em geral é a que tem aparência vazia.

Essa prótese pode ter perfil:

Baixo

Indicado para as pacientes que querem apenas um preenchimento a mais, causando um aspecto bastante natural, mas sem aumentar muito o volume.

Moderado

Ele não dá grande projeção às mamas, realizando apenas o preenchimento da cavidade mamária. 

Alto

Esse formato já preenche bem a cavidade mamária, com maior projeção e volume.

Anatômico

O anatômico lembra o formato natural do seio feminino. Dessa forma, é mais preenchido na sua parte central e inferior, e costuma ser mais indicado para mulheres magras e que não desejam um resultado muito marcado ou no estilo “bola”. 

Ele é usado nos casos de reconstrução mamária, quando é necessário a retirada do seio após o câncer de mama. Seu formato preenche menos a região do colo, e não é indicado para mulheres que já possuem o seio caído, já que poderá acentuar ainda mais o problema. 

Cônico ou Super Alto

Já o cônico, ou super alto, é o que tem menor largura e é indicado para pacientes que tenham ombros e tórax estreitos. Ele costuma projetar mais o seio, sem alterar seu volume lateral e seu causar o aspecto arrendondado do formato redondo.

Por exemplo, ele causa um aspecto bastante natural e acaba sendo uma escolha recorrente por parte das mulheres e dos cirurgiões plásticos. E como é usado para projetar o seio, acaba não sendo necessário usar grandes volumes.

LEIA TAMBÉM>>> Procedimentos estéticos e autoestima: qual é a relação?

Tamanho e perfil

Além dos formatos, há variação no volume dos tipos de prótese de mama, que vai de 150 ml a 600 ml. O volume utilizado varia de acordo com o objetivo da paciente e sua estrutura física. 

Até existem próteses com volume superior a 600 ml, mas elas só são indicadas para casos em que a paciente tem estrutura física capaz de suportar o peso extra, como no caso de mulheres altas ou de quadris largos. Mas, caso contrário, pode trazer outras consequências, como problemas posturais.

Faça a escolha que melhor lhe satisfaça

Como viu, há diferentes tipos de prótese de mama, cada um com um formato, perfil e tamanho. Ou seja, cada paciente pode ter o formato que melhor se encaixa ao seu desejo.

Ou seja, discuta sempre seus objetivos e resultados esperados com seu cirurgião plástico. Ele fará uma ampla análise da sua estrutura física lhe indicando o melhor modelo, de acordo com seu objetivo, evitando ao máximo que ocorra o arrependimento futuro.

Portanto, se gostou do artigo sobre os tipos de prótese de mama, me siga em minhas redes sociais. Em meus canais no Instagram e no Youtube estou sempre compartilhando informações maravilhosas sobre estética e qualidade de vida.

Um grande abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.